Teatro
"Soundcheck"

Teatro da Didascália

Bruno Martins dramaturgia, encenação e interpretação | Cláudia Berkeley assistência de encenação | Pedro (Peixe) Cardoso direção musical | Pedro Sousa, Susie Filipe interpretação musical | Catarina Barros cenografia e figurinos | Valter Alves direção técnica e desenho de luz | Mariana Guedelha operação de som | Vera Santos programa de mediação | Raquel Passos produção | Anaïs Proença comunicação | Paulo Pimenta fotografia de cena | Os Fredericos registo de vídeo e parceria | Rui Verde design gráfico | Teatro da Didascália, A Oficina, Casa das Artes de Vila Nova de Famalicão, Teatro Aveirense, Circuito – Serviço Educativo Braga Media Arts, Cineteatro Louletano coprodução

© Joana Magalhães
20 Outubro, Sex - 21:30
m/12
60 minutos

Não sabemos quem nasceu primeiro, se o rock and roll ou a brilhantina, mas sabemos que ambos contribuíram, cada um à sua maneira, para uma revolução musical no século XX. Se, por um lado, o rock and roll fazia abanar o capacete, a brilhantina assegurava que os penteados se mantinham intactos durante toda a dança extravagante de alguns dos músicos dos anos 50. “Soundcheck” é um espetáculo que reivindica o lugar da resistência para o centro do palco. Que assume a escuta como forma central de protesto. Que existe para lá da pressa da vida veloz, que resiste através da empatia, da solidariedade, da ação coletiva. É um abanar de anca em direção ao futuro, um rastilho em jeito de inquietação para as novas gerações.

Este espetáculo é realizado na caixa de palco, pelo que não existem lugares marcados e tem lotação máxima de 60 pessoas.
O público assiste ao espetáculo de pé, aconselhando-se a utilização de calçado confortável.

Bilhetes

Evento já realizado.

Newsletter
A Associação